14
dez

10 áreas em que faltam profissionais

Sr. Carreirapor
Sr. Carreira

Fatores como o aquecimento da economia e exigências de qualificações podem fazer com que recrutadores sintam dificuldade para preencher vagas consideradas estratégicas. Em novembro desse ano, o portal G1 consultou dez empresas da área de Recursos Humanos, que listaram as dez atividades nas quais mais faltam profissionais atualmente. Confira quais são eles.

tabela_10profissionais

Fonte: G1.

Categorias: Guia de Profissões

Sr. Carreira
Sr. Carreira
srcarreira@yahoo.com.br
@srcarreira

Criado pela Mais Estudo para ajudá-los na trajetória profissional com dicas de carreira, mercado de trabalho e processo seletivo. Além de informações sobre as bolsas de estudo de até 70% da Mais Estudo em diversos cursos de pós-graduação e MBA.
Sr. Carreira Acompanhe a Mais Estudo nas redes sociais.

A Mais Estudo oferece bolsas de estudo de até 70%. São mais de 40 instituições parceiras, somando mais de 1.000 cursos de graduação tradicional e de curta duração, pós e MBA, cursos técnicos, livres e de idiomas. Twitter Facebook Orkut

19 para “10 áreas em que faltam profissionais”

  1. 10 áreas em que faltam profissionais…

    Fatores como o aquecimento da economia e exigências de qualificações podem fazer com que recrutadores sintam dificuldade para preencher vagas consideradas estratégicas. Em novembro desse ano, o portal G1 consultou dez empresas da área de Recursos Human…

  2. Anônimo disse:

    10 áreas em que faltam profissionais…

    Fatores como o aquecimento da economia e exigências de qualificações podem fazer com que recrutadores sintam dificuldade para preencher vagas consideradas estratégicas. Em novembro desse ano, o portal G1 consultou dez empresas da área de Recursos Human…

  3. Jose Osvaldo Gomes disse:

    Tenho 41 Anos e estou fora dos estudos há mais de 10 ,e sinto dificuldade de encontrar uma colocaçao no mercado, tenho prestados concurso mais não ando muito bem nas provas que presto, quero entrar no judiciario mais preciso me preparar melhor, sempre trabalei no comercio hoje trabalho em uma padaria, quero cursar uma faculdade, qual seria um curso ideal para cursar, segurança do trabalho é um bom curso.

    • Renata disse:

      Osvaldo, creio que algo que está mais para sua área (comércio) e com o “problema da idade”extremamente injusta por sinal.Seria interessante gestão imobiliaria, dura 2 anos,é curso superior,e vc pode atender em vários setores.Com a construção civil em alta,suas chances aumentam muito de entrar para o mercado de trabalho, inclusive como consultor.
      Espero ter ajudado.
      Boa sorte!

  4. Elson disse:

    Boa Noite. Trabalhei por 12 anos na área de ferramentaria. Cursei Técnico em Administração de Empresa, quando ainda trabalhava em metalúrgica. Sofri um acidente motobilístico e vim ficar deficiente, perdendo o membro inferior esquerdo. Hoje por causa do curso e da deficiência trabalho no conglomerado banco Itaú. Quero muito voltar aos estudos para aproveitar a oportunidade. Gostaria muito de trabalhar a minha falta de comunicação pelo fato de 12 anos trabalhar somente com máquinas e hoje totalmente público. Quero muito vencer este desafio pessoal. Por isso tenho dúvida de qual curso e área avançar, ( gosto da área de vendas, más tenho muito a desenvolver). Se conhecerem curso diretamente relacionados à área ME INDIQUEM. Quero aproveitar as vagas para deficientes em cargos elevados, não só do bco, más de empresas renomadas. Por favor, conto com a ajuda de vocês!
    Atualmente trabalho dentro da Du Pont do Brasil, no Alphaville, pelo banco Itaú.
    OBRIGADO.
    ELSON.

  5. PEDRO CESAR FERREIRA LIMA disse:

    TENHO 47 ANOS APENAS NESTE ANO CONSEGUI CONCLUIR O ENSINO MEDIO, MAS GOSTRIA DE FAZER UM CURSO TECNICO QUE REALMENTE ME DE RETORNO IMEDIATO, POIS NAO MUITO TEMPO A PERDER, ME DIZ SOBRE TECNICO EM MEIO AMBIENTE.

    • Renata disse:

      Não recomendo,muitos dizem que essa é uma profissão do futuro.Concordo. (do futuro). Porque não há mercado principalmente nas grandes cidades.Minha filha fez 1 ano e meio de curso já faz 6 meses e até hoje não conseguiu sequer o estágio obrigatório, nem mesmo não remunerado.Pesquise um pouco sobre técnico de edificações, logística,automação industrial ou informática.

  6. Julio disse:

    Oi, gostaria de saber se o profissinal em economia está em falta.

  7. Rita Colombo disse:

    Sou profissional na área de hotelaria e hospitalidade com experiência comprovada de 12 anos nos Estados Unidos. Falo Inglês fluentemente, Espanhol em nível avançado. Cursei no estado de Connecticut-USA um programa em nível de College denominado Hospitality Management com opção em gerenciamento na produção de alimentos mas não concluí. Quero saber se há alguma opção de curso nesta área para aprimorar meus conhecimentos e, claro, compreender melhor as necessidades deste setor no país, já que, considerando questões culturais entre outros fatores, preciso me preparar para o mercado.

  8. marcelo Aparecido Matsumoto disse:

    Pessoal Boa tarde.
    Sou um profissional com 41 anos e trabalho na área de Assistência Técnica de Garantia do Departamento de Qualidade de uma empresa multinacional no ramo de auto peças automobilística, gostaria de mudar de ramo e partir para a área de TI, será que tenho chance ainda para uma mudanças dessas ou é melhor se especializar mais em cursos e ficar na minha área, gostaria de uma sugestão de vocês, Obrigado.

  9. Alaine disse:

    Olá, boa noite!

    Gostaria de tirar uma dúvida.
    Tenho 22 anos, sou graduada em Enfermagem, estou cursando uma pós graduação em Saúde Pública em uma excelente universidade, estou frequentando um Aprimoramento Profissional em Saúde Pública por um órgão público e mesmo assim não consigo emprego na área, continuo na área de turismo…onde trabalho desde o início do ano passado. Você acha que a área de enfermagem está saturada?!

    Aguardo sua resposta.

    Att

    Alaine

  10. Paulo ES disse:

    Pessoal,
    Esqueceram de mencionar o setor aeroportuário. O setor cresceu tanto no Brasil, principalmente em vôos domésticos, que aeronaves não estão decolando por falta de tripulantes.

    Atte,
    Paulo Santo

  11. Jose Airton Barbosa disse:

    A dificuldade em recrutar bons vendedores – profissionais na area de venda e teleatendimento – consiste no fato de que muitos profisionais qualificados são “descartados” por conta da idade. Pessoas com mais de 35 anos de idade, são colocados ‘a margem do mercado de trabalho por srem considerados “velhos”. O resto é proselitismo.

  12. roseli disse:

    Faltam médico por que o curso é caríssimo,nessa só tem vez quem é riquinho e nao precisa trabalhar.Quando o governo abrir mais espaço e condiçoes para o pobre estudar medicina no Brasil.podem ter certeza que vao sobrar médicos competentes,de sentimentos e que nasceram p o dom de salvar vidas.o pobre tem mais humanidade em servir ao proximo.quanto ao riquinho,ele se forma no intuito de ganhar e ganhar mais grana.atende mal um paciente em, 5 minutos e depois sae correndo para as outras dezenas de trabalhos que ele tem fora..tipo atendimento só por algumas horas em cada emprego.so visa lucro
    e quer se por acima de Deus. fazem o que quer com o ser humano.melhor o governo dar mais atenção as pessoas que ganham de 1 ate 4 salarios.so pagamos impostos,ganhamos pouco e segurança nenhuma…é obrigação do governo gerar recurso para o cidadão.e depende dele termos mais medicos competentes ou não.

  13. FÁTIMA disse:

    OI PESSOAL

    ESQUECERAM DE MENCIONAR AS AREAS LOGÍSTICA, BELEZA QUE POR SINAL CRESCERAM MUITO, É SÓ SE PROFISSIONALIZAR E ENTRAR NO MERCADO DESSAS AREAS. VALEU!! PESSOAL

  14. Ótimo esta imformação pois estou cursando ciências contabeis

  15. Sophia Souza disse:

    Olá pessoal.

    Desejo saber como anda o mercado de trabalho para o profissional formado em Psicologia. Tenho 26 anos e ano que vem presto vestibular para essa área.
    Fiquei sabendo que o campo esta saturado…E o salário é baixo, afinal são 5 anos de estudos.
    Agradeço o espaço.

    • MaisEstudo disse:

      Olá, Sophia.
      O mercado de trabalho do psicólogo não se limita à área clínica e ao atendimento à saúde. O campo de atuação na Psicologia aumenta na medida em que cresce a necessidade de melhorias nas condições de vida, trabalho e educação da população. Os novos profissionais poderão atuar em departamentos de Recursos Humanos, prestando consultoria a empresas, em hospitais, escolas ou hospitais psiquiátricos.
      Abs.

  16. Henrique disse:

    As empresas de rh, poderiam se explicar melhor, porque homens não podem trabalhar em rh, sempre somos preteridos por mulheres, mas qual a real diferença? Há um grande numero de bons profissionais que estão desempregados por um conceito inexplicável, há uma cultura da própria analista de rh, ou selecionadora que quer uma companheira e não um colega homem no trabalho.
    ISSO REALMENTE NÃO ESTA SENDO CONSIDERADO COMO UM PROBLEMA!

Deixe um comentário