24
jun

As 10 brincadeiras de rua quase extintas

MaisEstudopor
MaisEstudo

As brincadeiras de rua mais populares entre as gerações dos anos 80 e 90 estão quase extintas. Hoje, com os jogos eletrônicos e a insegurança das grandes cidades, elas caíram no esquecimento.  Vamos relembrá-las para, quem sabe,  após ler esse post você organize um grupo para jogar taco ou stop com o pessoal da rua.


1. Jogo da verdade ou consequência

Bastava surgir alguma fofoca para esta brincadeira entrar em evidência. Era polêmica pura na rua. São poucos os que admitem, mas o interesse maior era na consequência que quase sempre era um selinho no menino (ou menina) mais bonito(a) da turma, não é?

2. Stop

O jogo era o favorito nas tardes ociosas, lembra? Bastavam duas pessoas, uma folha de caderno, lápis e pronto: estava “armada” a pequena competição. A brincadeira, também conhecida como “uestópe” ou “adedanha”, é um jogo no qual desenha-se uma tabela em um papel para cada jogador. Cada coluna recebe o nome de uma categoria de palavras como animais, automóveis, nomes, cores, minha sogra é etc. Cada linha representa uma rodada, onde é feito um sorteio para decidir qual letra do abecedário irá valer para preencher as categorias.

3. Polícia e Ladrão

Corrida frenética, bandidos na prissão e não vale guardar caixão. Essa era a evolução do pega-pega.

4. Pega-Pega

Esta brincadeira consiste em uma das crianças ser o “pegador”. A pessoa que ela tocar primeiro e pegar, será a próxima a ser o próximo “pegador”. Tem também o “pique”, onde quem está fugindo pode tocar e ficar protegido de ser pego. A brincadeira só termina quando todas as crianças forem pegas.

5. Cabra-cega

Forma-se uma roda e uma criança é escolhida para ficar vendada no centro de todos. Ela gira três vezes e tenta pegar alguém que está na roda. Quando a criança que estiver vendada descobrir quem é a criança que ela pegou e dizer seu nome, essa passa a ser a próxima a ser vendada.

6. Esconde-esconde

Uma criança é escolhida por sorteio e se vira para uma parede, conta até trinta e as outras vão se escondendo. Ela tem que encontrar as crianças e correr até a parede e bater dizendo o nome da criança que ela encontrou. A primeira que ela encontrar será a próxima que vai procurar as outras. Nessa mesma parede é o pique, o local onde crianças que não foram encontradas podem bater um, dois, três e ficar livre de ser a próxima a ter que procurar quem se esconde.

7. Queimada

Divididos em dois times, grandes grupos de crianças suam a camisa (correndo o tempo todo) com o objetivo de eliminar os adversários com boladas e fugir das tentativas deles de eliminá-los.

8. Taco

Vamos ver se conseguimos explicar a brincadeira. Funciona assim: no jogo, as equipes são formadas por 2 integrantes cada, ficando um de cada equipe junto a “cela”. Enquanto uma equipe está com o taco, a outra fica com a bola. O objetivo do jogo é cruzar (ou bater) os tacos, a equipe que bater os tacos na quantidade pré-estabelecida primeiro ganha o jogo, mas para isso tem que rebater a bola arremessada pela equipe adversária, que tem o objetivo de derrubar a cela. Quando a cela é derrubada a equipe que está com a bola passa a ficar com o taco. Lembrou?

9.Rouba Bandeira

O jogo funciona assim: cada equipe coloca a sua bandeira no centro da linha de fundo do campo adversário. O objetivo é recuperar a bandeira sem ser tocado. Quem for pego fica parado no lugar até que um colega de equipe se arrisque a salvá-lo. Para isso, basta tocá-lo. Assim, ele fica livre para voltar ao jogo.

10. Amarelinha

A amarelinha é uma das brincadeiras de rua mais tradicionais do Brasil. Talvez seja pelo fato de a brincadeira ser tão fácil (e divertida) de brincar. Não são precisos aparelhos ou acessórios caros. Dá para pular dentro de casa, no quintal, na rua, na escola… Basta usar o chão, ter algo para desenhar o riscado e um objeto pequeno para marcar as “casas”. A pedra é lançada na primeira casa e o jogador deve percorrer o trajeto do traçado pulando, evitando o quadrado onde a pedra caiu. A sequência se repete enquanto a pedra avança de casa em casa e o grau de dificuldade aumenta.

Stop
O jogo era o favorito nas tardes ociosas. Lembra? Era, nome, objeto, carro, NFD ( novela, filme e desenho ), e que mais gerava graça, “ minha sogra, é ?”.

Categorias: Top 10

Tags:
MaisEstudo
MaisEstudo
comunicacao@maisestudo.com.br
@maisestudo

Além de oferecer bolsas de estudo em diversas instituições, Mais Estudo têm a missão de mantê-los informados sobre tudo o que rola de mais importante sobre carreira, estágio, redes sociais, tecnologia e últimas tendências da web. Por isso, não deixe de acompanhar a Mais Estudo nas redes sociais. Afinal, manter-se informado, hoje em dia, é um diferencial e tanto.
MaisEstudo Acompanhe a Mais Estudo nas redes sociais.

A Mais Estudo oferece bolsas de estudo de até 70%. São mais de 40 instituições parceiras, somando mais de 1.000 cursos de graduação tradicional e de curta duração, pós e MBA, cursos técnicos, livres e de idiomas. Twitter Facebook Orkut

68 para “As 10 brincadeiras de rua quase extintas”

  1. Lidia disse:

    Nossa!Esse post me deu saudade d+!!!

  2. Hugo disse:

    São tempos que não voltam mais…

  3. andreza disse:

    nossa muitas saudades como era bom ser criança
    pena que não dá mais pra voltar atrás

  4. Maria Rosa P. Lima disse:

    Puxa que saudades daquele tempo…
    É por isso que quase não ouvíamos falar em obesidade, corriamos tanto que os exercicios contra sedentarismo não era necessario como hoje.
    Ah… Que vontade de inventar uma máquina do tempo….

  5. Soraia disse:

    Que legal, eu brincava de todas essas, sinto saudades, a que vejo as vezes que ainda brincam é o Stop :)

  6. Dianne disse:

    Ahhhhhhhhhhhhhhhh brincavamos de todas.. ate depois dos 15.. q saudadesss

  7. miriam disse:

    ainda faltou a brincadeira de pedrinhas,eu amava brincar,escolhia cinco pedrinhas e sentava no chao e pegava uma por uma sem derrubar as que estavam na mao rrrs era muito legal!!!!

  8. Douglas disse:

    O Saudades de brincar de taco!!!
    Brincar com meu o pião, fubeca ou até mesmo o meu falecido ioiô…

  9. emerson disse:

    saudades das bolitas(bola de gude) também mas isso é verdade não existia problema com obesidade corriamos pra todo lado e o negócio é ensinar aos nossos filhos essas brincadeiras para elas não se extinguirem!

  10. [...] as crianças não podem brincar na rua, vivem em pequenos apartamentos onde não podem desenvolver as capacidades motoras por não ter [...]

  11. [...] mais sobre aqui e aqui. Like this:LikeBe the first to like this post. « Previous [...]

  12. maisa disse:

    bons tempos que bom lebrar dessas brincadeiras que bossa

  13. caroline disse:

    bons tempos que bom lebrar dessas brincadeiras que que legal esse site é d+

  14. caroline disse:

    bons tempos que bom lebrar dessas brincadeiras que que legal esse site é d+ mesmo as 10 brincadeiras quase extintas saudade das bolitas(bola de gude) a e ainda falta a brincadeira das pedrinhas pegar uma por uma sem derrubar as que estão na mão cantando a seguinte musica”fui lá voltei um liso eu te dei pra ficar de braço chei”são tempos que ao voltão mais porque se voltassem seria ao bom, e nesse tempo nao havia obesidade nas crianças porque corriam muito agora vivem em apartamentos e não podem brincar nas ruas pois são muito movimentadas antes brincavam de todas as brincadeiras ate os 15 anos rs rs rs rs rs rs e ainda vejo crianças brincando de stop

  15. Está disponível para download a Versão Revista e Corrigida dos Almanaques de Brincadeiras e Dinâmicas, os quais contém 1000 atividades recreativas e lúdicas, dentre brincadeiras tradicionais, jogos antigos, provas de gincana, quebras-gelo, dinâmicas de grupo, etc. Baixe gratuitamente e tenha em mãos a versão mais atualizada destes monumentos da educação física, recreação e ludicidade brasileiras!

  16. isabela disse:

    eu brincava muuito na rua

  17. isabela disse:

    chega de cove

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    rsaaaar

  18. thomaz disse:

    TAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAALOKOo

  19. matheus disse:

    seus viados menos o felipe eo thomaz

  20. timao disse:

    seus filha da puta comi o bunda de sua mãe

  21. Adriano disse:

    Ninguem se lembra tambem do cemiterio,cujo dois times se enfrentam que nem queimada e quado o adversario e atingido vai o outro lado do campo e ataca os inimigos

  22. fudencio disse:

    eu brinca dessas coisas,quando tinha 8-9 anos mas depois que fiz 13 e deu cabelo no meu pau e soltei a primeira gala,rsr eu com 14 começei a brinca de sexo!!e brinco ate hoje com 30,rsr bom esse site de velharias,rsrs

  23. rebeca disse:

    eu gostei desses palpites bom que não tem mais foi muito legal lé todos eu adorei e arresei com meus trabalhos de classe

  24. luziele disse:

    eu adoro todas as brincadeiras que vcs botaram as coisas mais legal …

  25. davi disse:

    vou fazer dever

  26. davi disse:

    seus canalha timao se tu fala isso viado e tu

  27. ivone disse:

    nossa senhora meu neto choro de tantas brincadeiras
    ae canalha e vc timao

  28. k viado gostoso disse:

    so vadinho namoro omem gosto de lambe piru vai toma no cu

  29. nana disse:

    gostei de k viado gostoso

  30. tony disse:

    saudades dessas brincadeiras :( , hoje se formos chama para brinca somos zuados

  31. tony disse:

    saudades dessas brincadeiras :( , hoje se formos chama para brinca somos zuados que injustiça

  32. emerson disse:

    muito legal poder lembra
    dessas brincadeiras que hoje
    em dia e dificio de brinca

  33. nandakell disse:

    as brincadeiras não podem ser esquecidas, devem ser praticadas não somente por crianças, mas, também por pais que incentivam e brincam junto com seus filhos. Brincar faz bem pra mente, pro corpo e pra alma, nos devolve o sorriso no meio de tanto stress!

  34. paulo disse:

    muito chato so mais pc e celular brincadeira de velho

  35. rayane disse:

    muito chato tem poucas brincadeiras

  36. Eduardo marinho disse:

    Muito obrigado por esta publicação no seu post. Graças à ela pude lembrar de antigos hábitos e costumes, além de conseguir fazer uma pesquisa através dela. Atualmente tenho 17 anos, mas, sempre pratiquei estas atividades. Realmente, apesar de ser jovem, vejo que infelizmente a burocracia realmente é uma droga. Contudo, sempre que vejo meus primos(as) nós brincamos de pique-esconde, pega-pega, além de outros. rsrsrs.
    Finalmente, por obséqui este foi um tema tão belo e reflexivo. Peço aos hipócritas com que possuem uma mente tão delimitada que não façam estes comentários obscenos e perjurativos. Pois, não contribuem em nada. Saibam que o mundo esta assim por causa de pessoas como vcs.

  37. [...] (Também popular no Alto Alentejo. Variou-se intencionalmente a medida dos versos das últimas parlendas, para efeito de comparação.) Jogo das escondidas (créditos fotográficos) [...]

  38. Raquel disse:

    como se brinca de rouba bandeira ?
    Tem que puxar um pro lado do outro?
    Por favor me respondam.
    Pois eu brinco na rua e os meninos falam que tem que puxar um para o campo do outro.
    E eu não sei se é verdade!

  39. jessica dos santos disse:

    bom tempos em de brincadeiras se pudesse voltaria o passado???????????

  40. brincar é o melhor passatempo*__* …..

  41. caroline monaliza disse:

    adorei essas brincadeiraa bjs

  42. mark charles disse:

    vou resgatar as brincadeiras com as minhas crianças na catequese
    tenho certeza que elas iram adorar e eu volto a ser criança também.

  43. juscelino disse:

    Brinquei muito e ainda brinco se tiver oportunidade.

  44. Victor disse:

    Já brinquei de tudo isso e muito mais.
    quem dera se hoje as crianças soubessem o que é se divertir de verdade igual a antigamente…

  45. luana freitas disse:

    NOSSA ESSAS BRINCAderas naio tao quase extinta vcs que nao sabe de nada

  46. Eliza maria disse:

    velhos tempos, boas brincadeiras.Recordo das ruas de lazer!!!

  47. Ana disse:

    nada ver isso eu jogo tudo isso até hoje ,,

Deixe um comentário